Buscar
  • Maria do Mar Vieira

2 de Abril. Dia Mundial da Consciencialização do Autismo




2 de Abril. Dia Mundial da Consciencialização do Autismo. Não podia deixar de escrever num dia tão importante.

Há precisamente um ano pensei, refleti e decidi que tinha que fazer algo. A sociedade precisava de ser informada, precisava de tomar conhecimento do que é isto do Autismo. A sociedade tinha de mudar. E o meu projeto começou. Digo hoje que foi a melhor coisa que já fiz. Não sabia a mudança que isso iria ter na minha vida e na de outras pessoas. Mas teve. Graças ao meu blog, comecei a estar muito mais consciente daquilo que pensava, da razão porque agia de determinada maneira e isso ajudou-me a passar para a escrita aquilo que sentia. Conheci outras pessoas como eu, únicas e especiais, que me procuram, agradecendo-me e dizendo que se identificam bastante comigo. Pais enviam-me mensagens a agradecer por ajudá-los a compreender melhor os seus filhos. Os professores são também dos leitores mais assíduos do meu blog, pois querem saber mais, querem saber como funcionamos para puderem melhor ajudar os seus alunos. Mas, também, outras pessoas, apenas interessadas e curiosas, querendo conhecer-nos melhor.

Foi um passo pequeno que dei, mas foi um grande passo para o conhecimento do autismo. Hoje, um ano depois, vejo as diferenças, as pequenas mudanças que aconteceram. As pessoas estão mais atentas, tentam compreender-nos um pouco melhor. Percebem que, apesar das nossas dificuldades, temos capacidades extraordinárias e que devem ser valorizadas. E, muitas, fazem o que está ao seu alcance para nos ajudar. Falo sobretudo das pessoas que se encontram ao meu redor. Mas quero que isto aconteça com todas as pessoas. Quero que o Autismo seja aceite por toda a sociedade. Quero que seja entendido. Quero que todos respeitem aqueles que têm Autismo.

O Autismo por vezes não se vê a olho nu. E isso faz com que a sociedade desvalorize e ridicularize as nossas dificuldades. Isto é o que mais me custa. Ver-me a mim e a pessoas como eu, frente a um grande desafio, e ouvir: 'Por amor de Deus, toda a gente consegue fazer isso'; 'vá, deixa-te de coisas', 'vai lá, enfrenta isso'. E muitas vezes dito com ligeireza e um encolher de ombros. 'Vá, tens de ser corajosa!' O que não sabem é que somos muito mais corajosos do que pensam. Cada dia, sair de casa é ser corajoso. Andar até ao autocarro, é ser corajoso, andar de autocarro, é ser corajoso, ir a um restaurante, é ser corajoso. Tudo o que fazemos no nosso dia a dia são atos de coragem, muitas vezes desprezados pelos outros.

Consegui apanhar o autocarro! Consegui atar os atacadores! Consegui pôr o dedo no ar para responder! Consegui fazer uma conta! Consegui dizer uma frase em público! Consegui estar atento na aula! Consegui ouvir tudo o que me disseste! Consegui olhar para ti! Consegui dar-te um abraço! Consegui ficar até ao fim! Estas são as nossas vitórias diárias e queremos que as celebrem connosco! Em vez de dizerem 'Até que enfim', 'Já era tempo de fazeres isso', 'os outros miúdos já sabem fazer isso' perceberem que toda a gente tem o seu tempo de aprendizagem. Nós temos o nosso. Estejam connosco nestas pequenas vitórias e celebrem-nas connosco! Elas são sinal de todo o nosso esforço e dedicação.

Tenho orgulho de todas as minhas vitórias, mesmo as pequenas, elas fizeram parte do meu crescimento. E mais contente fico, por ter pessoas para as celebrarem comigo, para me incentivarem e motivarem a continuar!

Queremos também o nosso tempo para conseguirmos fazer as nossas coisas e ultrapassarmos todos os obstáculos. Não queiram tudo para ontem, é um processo demorado, mas valioso.

É isto que queremos! Respeito, aceitação, tempo, espaço, motivação, mas acima de tudo queremos orgulho. Orgulho pela pessoa que somos e por todo o nosso percurso.

81 visualizações
  • Facebook ícone social
  • Instagram
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now