top of page
Buscar
  • Foto do escritorMaria do Mar Vieira

Frases que ouço diariamente



'Não pareces autista' 'Mas é levezinho não é?' 'Não tens cara de autista' 'Tens a certeza que és autista?' 'Já não és autista pois não?' 'Agora o Autista sou Eu!'

Quem já ouviu estas e outras frases?


Pois é, diariamente somos expostos a este tipo de comentários. E não, não é algo positivo. Fico sempre sem saber como reagir, se hei-de rir, chorar ou simplesmente ignorar. Dizer estas frases é desvalorizar-nos. É não acreditar em nós. Sou Autista. Ponto. Não existe isso do mais levezinho. 'Ah coitadinhos é dos outros que são severos e não sabem falar, tu tiveste muita sorte.' Esta frase irrita-me profundamente. Se estivessem na nossa pela por pelo menos um dia, já não diziam que era levezinho. Posso saber falar, mas e o esforço que faço para o fazer? E a dificuldade que tenho em me tentar integrar numa conversa? E as sobrecargas sensoriais e as desregulações emocionais? E a ansiedade que cresce sempre que aparece um imprevisto? E as estereotipias que são sempre olhadas de lado? E a dificuldade em gerir emoções? Ainda acham levezinho? O mais engraçado é que ficam espantados quando demonstro uma destas dificuldades. Como se já não se lembrassem que sou autista. Nasci e morrerei autista. Não vai desaparecer e eu nem quero que desapareça. Faz parte de mim. É assim que me conheço e seria assustador de repente ele desaparecer e eu perder o chão, perder tudo o que sei até agora, perder-me a mim própria. 'Parecer normal', como vocês dizem ('mas tu pareces normal') é doloroso. Por um lado parece que o nosso esforço e treino diário valeu a pena. Mas depois só vemos as nossas dificuldades desaparecerem aos olhos dos outros e serem desvalorizadas. É não termos espaço para errarmos e mostrarmos que precisamos de ajuda. Se o fizermos a cara de surpresa é tanta que só nos deixa ainda mais frustrados. 'Agora o autista sou eu!'. Não, não és. Apenas te enganaste a ler o percurso no GPS, e foste por um caminho diferente. Um pouco mais de respeito e conhecimento por favor. O autismo não tem cara. O autismo não tem cura. E o Autismo não aparece do nada só porque te enganaste a fazer algo.



























290 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page