Buscar
  • Maria do Mar Vieira

O Menino de Deus


Hoje trago-vos mais um livro! 'O Menino de Deus'!

Um livro cheio de esperança, coragem e força! Um livro que li apenas em algumas horas! Um livro que me deu motivação mas acima de tudo um livro com o qual me identifiquei bastante.





Este livro é escrito por João Carlos da Costa, um rapaz autista não verbal que encontrou na escrita a sua forma de expressão.

O livro começa com um texto da sua mãe e de toda a sua garra para proporcionar uma vida melhor ao filho.

Há pessoas que não acreditam nas nossas capacidades, muitos deles médicos, que dizem aos pais para desistir dos seus filhos. A mãe de João Carlos foi a pessoa que mais lutou e acreditou nele. Fez-me lembrar muito os meus pais, que lutam diariamente ao meu lado por mim. E ter alguém ao nosso lado que acredita em nós, só nos dá mais força e motivação para continuarmos a lutar.

De seguida temos vários textos de João Carlos sobre várias temáticas como a escola, a educação, a sociedade, as relações, entre outras.

João Carlos fala-nos do que sente e pensa em relação ao Autismo e das várias dificuldades que encontra ao longo da vida. Explica-nos como vive determinados momentos, como por exemplo os Meltdowns, e conta-nos o que sente e como experiencia esses momentos.

Mostra-nos a sua forma única de ver o mundo, onde o Amor prevalece sempre. Emocionei-me com o facto de também ver o mundo dessa maneira. Não tinha consciência disso, mas enquanto lia o livro, chorei e disse para mim mesma: 'É isto mesmo!'. E tive noção que o mais importante para mim é o Amor e a Felicidade, e que a sociedade ainda não pensa assim. Ainda tem muito como prioridade o materialismo e a política.

Por último temos vários contos magníficos escritos por João.


Ninguém quis acreditar nas capacidades do João, mas ele surpreendeu todos quando começou a falar através da escrita e começou a ajudar todos à sua volta.

A maneira como o João, com a ajuda da mãe, deu a volta a tudo e encontrou na escrita uma forma linda de comunicar, é mais uma prova que se acreditarmos em nós, tudo é possível.


Encontrei alguém com a qual me identifiquei. Senti-me segura, sem medo. Senti que não estou sozinha. Não estamos sozinhos. Este livro foi um 'abre-olhos' para continuar a fazer o que faço, para continuar a lutar por mim.

Eu sou capaz,

tu és capaz,

Nós somos capazes!


25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo